Seja bem-vindo. Hoje é

7 de abril de 2008

País de bitolados?

*Antes de iniciar o artigo, peço desculpas pela falta de acentos, meu teclado está com problemas de compatibilidade de drivers*

O Brasil é um país de gente bitolada, de visao estreita, que baseia-se em dados que nao dizem nada.

Há algumas semanas, um contato do meu MSN pergunta-me acerca do blog:

"Voces fazem faculdade?"

Ao que respondi negativamente, ele replica:

"Ah... Mas em que ano voces estao?"

Quando digo que estou no 3° ano do Ensino Médio e que estamos criando o blog para postarmos nossas reflexoes críticas sobre a política no Brasil e no mundo, com a "ajuda" de nossa professora de Atualidades & Política, ele simplesmente pergunta:

"Ah, é? E qual faculdade ela fez? Tem mestrado em que? Tem phD?"

Logo, enervei-me. Por Deus, estes dados sao factuais demais para que se obtenha uma conclusao sobre o conhecimento de uma pessoa! Por exemplo, advogados formados na UniXiriricaDaSerra conseguem o registro na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) enquanto alguns que se formaram na USP nao conseguem. Nao é a faculdade que forma o conhecimento e a competencia de um ser humano, mas sim seu empenho e suas conquistas. Hoje, num país onde tudo tem que ser feito "como reza a cartilha", afirmaçoes como estas do meu colega - que por sinal, é filho de um deputado federal... - sao de suma importancia para aqueles que nao enxergam o valor de uma pessoa por seus atos, mas sim por seus dados curriculares.

Há a história - verídica - do garoto de tres anos, cuja tarefinha para o aconchego do lar era: "Pinte o elefante". Na folha de papel, havia um simpático elefante, sorrindo. Nao me perguntem como, era um desenho infantil. O garoto, todo contentoso (sic) pintou o seu elefantinho, guardou a tarefa em sua mochila e foi tomar banho, jogar videogame, algo do tipo. No dia seguinte, ele volta chorando da escola, mostrando o desenho - um elefante verde! Ora, a professora, ao ver aquele elefante verde, zombou do desenho, em voz alta, para toda a classe: "Vejam como o Fulaninho é bobo! Pintou o elefante de verde! Todo o mundo sabe que elefantes nao sao verdes!". O sagaz garotinho replicou: "Professora, o elefante da lata de molho da minha mae (Pomarola, na verdade. Nao ganhamos nada por este merchandising gratuito em nosso blog) é verde, e eu tenho o direito de pintar o meu elefantinho de verde!"

O garoto foi colocado para fora da classe. É desta maneira que pretendemos formar cidadaos com consciencia crítica?

Hoje em dia, sim. E ainda me perguntam o motivo do Brasil ter alcançado o 4° pior nível de educaçao de acordo com a UNESCO...

RWieselberg

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui! Sinta-se a vontade para escrever sua opinião, só lembro que ofensas sem propósito serão descartadas.

Seguir blog por e-mail: