Seja bem-vindo. Hoje é

1 de outubro de 2008

O mundo na história.

As previsões pessimistas de Thomas Malthus são verdadeiras desde que foram criadas, e valem até hoje. Não existe, por mais que queira o homem, um jeito de enganar a natureza e produzir alimentos só com tecnologia. A menos que as próximas gerações de seres humanos passem a comer placas, bits & bytes e computadores, na proporção que se encontra o crescimento populacional, vai sim haver falta de comida. Existe na internet, no site http://www.poodwaddle.com/clocks2.htm um relógio que mostra dados do mundo em tempo real. Os gênios citados no texto, pelos economistas como salvadores da humanidade, mesmo que mais inteligentes não chegam a 50% da capacidade de uso do cérebro humano. Pra que precisamos de energia elétrica? Somente a cinética, a potencial e a mecânica nos bastam. A natureza não utiliza energia elétrica para nada. E nós, como seres humanos que fazem parte da natureza (ou que nasceram na/da natureza), também não precisamos dela. Assim como os seres humanos, a terra deve apresentar um ciclo de vida (nasce, vive e morre). A história nos mostra que a terra não pode comprar remédios para se curar das doenças provocadas pelo homem. E com isso o fim do seu ciclo está chegando mais rapidamente.

Lucro, Lucro, Lucro... Injustamente só alguns podem lucrar. Outros ralam para sobreviver e não conseguem. Isso é chamado de desigualdade social. No Rio de Janeiro, os traficantes apelam com drogas e violência. Adolescentes se sentem entusiasmados com sexo, e querendo ou não são encorajados a criar novas gerações. Passam a bola para novas pessoas que não tem a ver com nada do problema criado pelos antepassados. Os governantes querem propor certa ordem no caos da vida, mas só conseguem ludibriar as pessoas com propostas e mais propostas. Os governantes não têm poderes maiores do que nós já que são seres humanos iguais aos outros. Alguns se preocupam em inventar coisas novas que vão facilitar a vida na terra. Outros se preocupam em criar espaços para pessoas rirem e se divertirem. Pessoas são enterradas debaixo de uma camada de terra. Mas, ninguém ainda pensou em como será o futuro do planeta terra se não mudarmos de jeito. Ninguém criou espaços para debates abertos a população sobre o destino do mundo (mesmo porque não são todas as pessoas que tem total conhecimento para participar desses debates). Ninguém moveu uma palha para tentar salvar o mundo. O egoísmo impera nos seres humanos de tal modo, que alguns chegam a ter medo de baratas e ratos, outros devoram bois ou partes de bois, e ainda existem aqueles que dizem que é saudável matar uma planta para sua sobrevivência. Enquanto que diversos bancos mundiais caem por conta da crise americana, a Amazônia se transforma em um deserto. A china se desenvolve economicamente com chances de se tornar uma nova potência mundial ao mesmo tempo em que muitos ursos polares morrem por conta do aquecimento global e milhares de africanos falecem sem conhecer o mundo (fisicamente) em que vivem. Aliás, são poucos os que conhecem o mundo em que vivem e habitam. E estes poucos espalhados pelo mundo não conseguem trazer o mundo de um jeito que seja diagnosticado como bom. A espécie humana tomou conta da terra de um jeito que não tem como voltar atrás. E ainda assim somos insignificantes perto do Universo, de Deus, ou do que seja que esteja fora do universo. Seremos lembrados, conhecidos ou estudados apenas como um mísero planeta que durou poucos bilhões de anos. Nenhum ser extraterrestre vai perguntar por Hitler, ou mesmo pelo império americano. O homem no espaço se mostrou como totalmente frágil, se é que conseguiu chegar lá. A física demonstra que os americanos não foram à lua e as imagens existentes são falsas. Uma simples chuva em São Paulo causa desastres incontáveis.

O mundo, que realmente importa, hoje ficou em décimo quinto plano.

Um comentário:

  1. a crise americana talvez seja o maior exemplo de onde a ganancia pode chegar - enquanto cerca de um trilhão d dolares evapora das economias do mundo todo, pacotes pra diminuir o impacto da crise dos alimentos na africa nao sao sancionados!

    eis o homem e seu progresso!

    muito bom o texto kra! vou virar frequentador do seu blog, hehe

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui! Sinta-se a vontade para escrever sua opinião, só lembro que ofensas sem propósito serão descartadas.

Seguir blog por e-mail: